Cartpanda Ensina: Diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico

Lucas Machado

30/01/2024

Cartpanda Ensina: Diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico

Lucas Machado

30/01/2024

Cartpanda Ensina: Diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico

Lucas Machado

30/01/2024

Cartpanda Ensina: Diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico

Lucas Machado

30/01/2024

Quando estudamos sobre marketing digital, dois termos que são falados com frequência são "tráfego pago" e "tráfego orgânico". 

Entender a diferença é essencial para quem deseja aprender e aplicar essas estratégias digitais no seu negócio.

Então, vamos desvendar esses termos e descobrir como cada um pode impactar a sua presença online?

Tráfego Pago

O tráfego pago, como o próprio nome já diz, envolve um investimento financeiro e é bastante utilizado em campanhas online, onde anunciantes/vendedores pagam para exibir seus anúncios em diferentes plataformas, como Google Ads, Facebook Ads ou Instagram Ads.

Uma das principais vantagens do tráfego pago é a velocidade. Quando você paga por anúncios, consegue alcançar um público específico muito rápido. Além disso, você consegue controlar quem visualiza seus anúncios e quando.

O custo do tráfego pago pode variar, dependendo da plataforma escolhida e do modelo de pagamento (por clique, por impressão, etc.).

Principais plataformas de tráfego pago

1) Google Ads: é nele que você cria anúncios que são exibidos nos topos dos resultados do Google e em sites parceiros.

A característica interessante é que você só paga quando alguém realmente clica no seu anúncio. Se isso não ocorrer, não há a necessidade de efetuar pagamento.

2) Facebook Ads: No facebook você pode consegue anúncios com palavras, fotos e vídeos que levam as pessoas para o seu site ou para uma ação específica.

Ele permite escolher quem vai ver os seus anúncios, como homem ou mulher, onde moram, idade, se são solteiros ou casados, a profissão deles e até mesmo os hobbies.

Além disso, você pode pegar uma lista de contatos e usar nos anúncios. Isso faz com que os anúncios sejam feitos especialmente para as pessoas que você quer alcançar.

Tráfego Orgânico

Ao contrário do tráfego pago, o tráfego orgânico é conquistado de forma natural, sem a necessidade de investimento financeiro direto em anúncios.

Ele é derivado do conteúdo, do valor que você oferece ao seu público-alvo e do reconhecimento.

O tráfego orgânico, embora leve mais tempo para se desenvolver, é o mais sustentável a longo prazo, pois é construído com base na qualidade do conteúdo, na relevância e na autoridade da marca.

No tráfego orgânico não é necessário investir dinheiro, mas em contrapartida, ele exige investimento em tempo e esforço para criar conteúdo valioso pro seu consumidor.

Estratégias de tráfego orgânico

Existem algumas boas estratégias de tráfego orgânico que podem ser utilizadas no seu negócio, vamos conhecer?

1) E-mail Marketing: É uma maneira de manter contato com seus clientes e manter o interesse deles em seus conteúdos. Envie mensagens relevantes para manter um relacionamento e informar sobre suas novidades.

2) Marketing de Conteúdo: Envolve criar material interessante para sua audiência. Conheça bem seu público-alvo para produzir conteúdo relevante. Use diferentes formas, como vídeos, posts, blogs e páginas com materiais informativos, como e-books, para atrair a atenção.

3) SEO: A otimização dos mecanismos de busca significa tornar seu site mais fácil de ser encontrado no Google. Usando palavras-chave relevantes para o seu negócio e fazendo descrições claras em seu site. Isso vai ajudar o Google a entender do que se trata sua página, melhorando seu alcance online.

Qual dos dois escolher?

Se você busca resultados rápidos e imediatos, o tráfego pago pode ser a escolha ideal, porém, para o seu negócio desenvolver um crescimento sustentável ao longo do tempo, o tráfego orgânico é essencial.

A principal diferença entre os dois é que o tráfego pago requer um investimento financeiro constante, enquanto o orgânico demanda um investimento mais voltado para tempo e habilidades em marketing de conteúdo.

Outro ponto importante é que com o tráfego pago, você tem controle direto sobre quem vê seus anúncios, diferentemente do tráfego orgânico.

Conclusão

A escolha entre tráfego pago e tráfego orgânico depende dos objetivos, recursos e cronograma de cada negócio.

Porém, muitas estratégias bem-sucedidas combinam as duas formas de tráfego, pois a combinação inteligente de tráfego pago e orgânico pode criar uma sincronia que ajuda a melhorar a presença do seu negócio no digital.

Se você quer aprender um pouco mais sobre tráfego, te indicamos também a leitura do nosso artigo “Dicas para criar um anúncio que converte”.

Quer aprender e-commerce?

Inscreva-se no boletim da Cartpanda para receber mais conteúdos de alta qualidade como este.

Comece seu negócio online no Cartpanda